Cel. Fabriciano, 23 de abril de 2024

OUÇA AGORA A RÁDIO EDUCADORA

RÁDIO EDUCADORA

13 mar
Imagem: A12.com

São Clemente 200 anos

Compartilhar

Este ano celebramos os 200 anos da morte de São Clemente, considerado o ‘segundo fundador’ da Congregação Redentorista. Ele foi o responsável pela expansão para fora da Itália, abrindo esta missão para o mundo.

Clemente Maria Hofbauer nasceu em Tasswitz, na Moravia em 26 de dezembro de 1751. Frequentou muito pouco a escola na juventude. Foi servente no mosteiro dos Premonstratenses, onde desempenhou também o ofício de padeiro, e iniciou os estudos para padre, mas parece que Deus tinha outros planos para ele. Saindo dali foi viver algum tempo como eremita.

Tempos depois, em Viena iniciou os estudos universitários, mas ali também não encontrou a paz. Acabou por deixar a universidade e seguiu para a Itália onde foi acolhido pelos redentoristas. Depois de um noviciado breve, fez a profissão religiosa no dia 19 de março de 1785 e, dez dias depois, em 29 de março de 1785, foi ordenado padre na catedral de Alatri (Itália).

Com o Padre Hübl, voltou à Viena, onde quiseram estabelecer a Congregação Redentorista, o que não foi possível. Foram então para Varsóvia, onde, em 1787, se encarregaram da igreja alemã de San Bennón. Começou uma intensa atividade pastoral e lá atraiu numerosos candidatos desejosos de se unirem a ele e ao Pe. Hübl. A igreja de San Bennón se tornou sede de uma missão contínua com um programa diário de pregações, instruções, confissões e devoções. Fundou, também, um orfanato para os meninos e meninas. Esta atividade ele a continuou até 1808, quando Napoleão Bonaparte fechou a igreja e dispersou a comunidade.

Clemente voltou para Viena recebendo o título e a responsabilidade de Vigário-Geral Redentorista fora da Itália, principalmente para o sul da Alemanha e Suíça. Quando foram mudadas as circunstâncias, estas comunidades, sob a direção do Venerável Padre Passerat, tornaram-se, depois da morte de São Clemente, a base da renovação da vida redentorista na Europa do Norte.

São Clemente morreu em Viena, no dia 15 de março de 1820. Santo da igreja, é o patrono de Viena. Nossa paróquia terá a alegria de celebrar seu ducentenário com a ordenação diaconal do Fr. Robson no dia 15 de março antecedido por um tríduo na Co-Catedral de São Sebastião. Venha celebrar São Clemente conosco.

Fonte: Padre José Wilker, CSSR