Cel. Fabriciano, 27 de outubro de 2020

OUÇA AGORA A RÁDIO EDUCADORA

RÁDIO EDUCADORA

Conselhos

Conselho Administrativo Paroquial (CAP) e Conselho de Obras

O Conselho Administrativo Paroquial é formado por um número pequeno de pessoas, da confiança do pároco e, também da comunidade. Sua função é: manutenção da Pastoral; administração e conservação do patrimônio, visando fins pastorais e promocionais, de acordo com as normas da arquidiocese e com as leis vigentes no país. Ao conselho compete a formação de comissões de serviços, tais como: Comissão de Festa, Comissão de Construção, Comissão de Manutenção e outras que forem necessárias dentro de sua competência.

Conselho Pastoral das Comunidades (CPC)

O Conselho Pastoral das Comunidades, tem por objetivos:
– Articular, planejar, coordenar e avaliar a caminhada pastoral na comunidade local, promovendo ação pastoral de conjunto;
– Despertar a consciência de uma Igreja ministerial, incentivando as diversas vocações, para os ministérios ordenados, a vida consagrada, os ministérios leigos e as lideranças pastorais;
– Descobrir e incentivar novas modalidades de ação pastoral;
– Estudar e promover a captação de recursos financeiros e decidir sobre sua melhor aplicação de acordo com o espírito cristão;
– Organizar o Dízimo como fonte principal de manutenção da pastoral.

Conselho Pastoral Paroquial (CPP)

O CPP tem a missão de garantir a vida de comunhão na paróquia. Por isso, é responsável pela organização e articulação das pastorais, e pela espiritualidade e formação dos fiéis. Ao CPP cabe refletir, planejar, decidir, animar e revisar toda a ação pastoral da paróquia. Ele deve preparar, organizar e realizar as Assembleias Paroquiais de Pastoral, que são a instância mais importante da caminhada pastoral da paróquia. Ele encaminha a realização do Planejamento Paroquial de Pastoral. A ele cabe conhecer a realidade e seus desafios, julgá-la com os olhos da realidade e da Palavra de Deus, e estimular ações transformadoras que a tornem sinal do Reino de Deus.