Cel. Fabriciano, 29 de novembro de 2020

OUÇA AGORA A RÁDIO EDUCADORA

RÁDIO EDUCADORA

21 out
Imagem: Pascom Brasil

Pascom Brasil elabora material formativo sobre Direitos Autorais e de Imagem

Compartilhar

Atender às necessidades de formação e sanar dúvidas dos agentes pastorais, quanto aos direitos autorais e de imagem. Este é objetivo da cartilha preparada e distribuída gratuitamente, a partir de uma iniciativa da Pascom Brasil. Para acessar o material, clique aqui.

Uma das principais dificuldades encontradas na prática pastoral refere-se ao uso de imagens (que foto é permitida? como dar os créditos? todas as fotos podem ser usadas?) ou até mesmo o uso de um texto autoral. Pensando nisso, um grupo de trabalho se reuniu, discutiu e propôs a elaboração deste subsídio. Sem pretensão de esgotar o assunto, mas de dar dicas simples e orientações precisas sobre um tema tão importante, esta é a primeira de outras temáticas a serem abordadas numa perspectiva pastoral.

Facilidade no trabalho

Para Adielson Agrelos, coordenador da Pascom no Regional Leste 1 (estado do Rio de Janeiro) e do GT Produção da Pascom Brasil, estar presente num grupo de trabalho tão qualificado como o composto para elaboração do subsídio nos diz que estamos no caminho certo naquilo que escolhemos tanto profissionalmente, como no sentido pastoral.

“Acredito que, por ser um material elaborado a partir do objetivo central de toda comunicação, ou seja, claro – conciso – coerente, facilitará muito o trabalho dos nossos agentes para que possamos desde já nos adequar às exigências dos novos tempos no que diz respeito aos direitos do cidadão e à proteção de dados”, afirmou.

Grupo de trabalho

  • Adielson Agrelos, coordenador do GT Produção da Pascom Brasil
  • André Fachetti Lustosa, fotógrafo e advogado
  • Manuela Castro, coordenadora da assessoria de comunicação da CNBB
  • Marcus Tullius, coordenador geral da Pascom Brasil
  • Silvonei José, Vatican Media
  • Dr. Wellington Santana, advogado e assessor jurídico da Diocese de Duque de Caxias
Fonte: CNBB/Com informações da Pascom Brasil