Cel. Fabriciano, 27 de janeiro de 2021

OUÇA AGORA A RÁDIO EDUCADORA

RÁDIO EDUCADORA

23 dez
Imagem: eusemfronteiras.com.br

Natal – Festa da Família

Compartilhar

Estamos no tempo do Natal. Ele chegou assim tão depressa em meio a uma “pandemia mundial” pelo Covid 19, que nos tem tirado a paz e a vida de muitos seres humanos.

Mas isto não é o suficiente para que esta data cristã, tão importante e bonita, perca o seu significado. Vamos sim celebrar o Natal, louvando o aniversário do MENINO-DEUS, que tão humildemente, nasceu há mais de dois mil anos numa manjedoura na cidade de Belém.

Este ano a festa de Natal será mais silenciosa. Nem todos da família vão se encontrar. As ruas, shoppings e supermercados estarão com uma frequência mais mais tímidas. Não há tanto dinheiro e nem tanta vontade de comprar. Até mesmo as igrejas estarão mais vazias e sem muitas missas. Ninguém vai poder se abraçar como em outros anos, para desejar um Feliz Natal com aquela tradicional efusão. A dor da pandemia dói em nossas almas. O medo nos assusta, roubando de cada um de nós o sempre vivido entusiasmo. Quem será a próxima vítima?

Aproveitemos então este momento de recolhida para refletirmos, que Natal não é somente presentes e guloseimas, mas uma data para oportuna para fazer renascer em nós o sentido do amor. E neste cenário de quietude, o silencio e a resiliência serão bem vindos, assim como a fé e a esperança. E a sagrada festa natalina não vai deixar de existir neste ano de 2020 porque o dia do Natal estará dentro de nós, do nosso coração, dentro da nossa casa.

Então… o que é o Natal senão a festa da família?

Natal é uma festa cristã e tradicional. Bonita de se festejar e momento para resgatar a memória da história da “Familia de Nazaré”, a mais divina, a mais iluminada e a mais importante, que nos ensinou através dos tempos a partilha dos gestos de amor e de fé, sendo, o modelo de amor e de união para toda a humanidade, sinalizando assim, a experiência fecunda do que seja o verdadeiro sentido de Natal.

Por isso, Natal é a festa da família, da minha família, da sua família e de todas as famílias. É o maior motivo do ano para as famílias se reunirem e agradecer as coisas boas que aconteceram, pedindo graças para o enfrentamento das adversidades da vida. É um momento orante em que a família reza e confraterniza mesmo através das redes sociais.

NATAL …

· Tempo de compartilhar os nossos sentimentos e emoções.

· Tempo de se deixar guiar pela luz de Belém e ser conduzido pelos caminhos do bem, da paz e da solidariedade.

· Tempo de abrir os nossos corações e sermos mais generosos.

· Tempo de armar o presépio com louvores.

· Tempo de decorar a casa e torna-la mais alegre e iluminada.

· Tempo de ser luz na família.

Natal é o aniversário do Menino Jesus–divino e humano – que veio ao mundo no dia 25 de dezembro para renovar a fé, a esperança, o amor, a paz no mundo e fazer morada em nossos corações.

Natal é a festa da família que nos chama a sermos mais amáveis, mais irmãos, mais ternos, mais pacientes, mais gratuitos, mais sinceros e amorosos em nossas relações familiares.

Na perspectiva cristã, Natal é a festa que vem do alto! É a festa do amor! Do perdão, do diálogo, da fraternidade, do respeito às diferenças, da caridade, da inclusão social. É a festa da família: a “igreja doméstica”. Vivamos pois este tempo de festa, com a certeza do amor divino em nossos corações e em nossas ações.

Celebrar o Natal nos faz parar e pensar na beleza da vida e na gratidão pela nossa existência. Nos faz lembrar da família reunida, dos familiares distantes, dos parentes que já se foram e nas lembranças saudáveis da infância quando da espera da “Missa do Galo”, da ceia e dos sapatinhos na janela à espera do Papai Noel.

Não deixemos no entanto de pensar naqueles que não têm família, que são abandonados, que vivem à margem da miséria ou outros que perderam o sentido da vida vivendo de qualquer maneira. Acolher é também Natal. Experimente esta alegria.

Natal é também o momento de demonstrar o carinho e a valorização pela família que se tem, que se ama e que se quer bem. Lembre-se que, mais que festejar e oferecer presentes, o Natal é uma celebração da família e da união. Portanto, fazer a diferença na vida familiar com amor e atitudes é o Feliz Natal que todos deveriam desejar.

Sejamos sempre Natal em nossa família. Que o encanto da noite natalina entre em nossos corações, reforçando os laços familiares.

Então …neste Natal sintamos renovados e iluminados pelas luzes divinas do Menino Deus, para que possamos ser melhores pessoas no Novo Ano que está por vir. Pensando assim, esta será a verdadeira festa de Natal.

Natal é família! É união! É partilha! É paz! É acreditar em um Deus que nos ama.

A todas as famílias que celebram esta data com este sentimento de amor e mudança nós desejamos um feliz e Santo Natal.

Fonte: Maria Helena Franco/Pascom