Cel. Fabriciano, 28 de maio de 2024

OUÇA AGORA A RÁDIO EDUCADORA

RÁDIO EDUCADORA

31 jul
Imagem: Província do Rio

Congregação do Santíssimo Redentor

Compartilhar

Superior Geral
1º de agosto de 2020
0000 131/2020
Solenidade de Santo Afonso Maria de Ligório, C.Ss.R.

Queridos Confrades, Irmãs, Missionários Leigos e Associados,

Muitas bênçãos para vocês nesta solenidade de Santo Afonso Maria de Ligório! Na Celebração Eucarística de sua festa este ano, as palavras da primeira leitura são o eco de um desafio profético que Santo Afonso nos dirige, e que nos recorda a vocação à qual nosso Redentor nos chamou. Permitam-me parafrasear ligeiramente as palavras de Isaías:

O espírito do Senhor Deus está sobre nós, porque o Senhor nos ungiu; nos envia para levar a Boa Nova aos pobres, a curar os oprimidos de coração, a proclamar a liberdade aos cativos e a libertação aos oprimidos; a proclamar o ano de graça do Senhor… a consolar a todos os que choram. (cf. Is 61, 1-2).

É esse o desafio! Cremos realmente que este ano, 2020, é o “ano de graça” do Senhor? Qual é a “Boa Notícia” que proclamamos? Enquanto celebramos esta festa, em muitos países nossas igrejas continuarão fechadas, e o nosso povo não poderá celebrar a Eucaristia conosco. Em outros lugares, as restrições limitarão o número de pessoas que podem estar presentes fisicamente. Mas isto não é tudo. As consequências – econômicas, sociais, políticas – da pandemia Covid-19, na realidade até agora estão começando a sentir-se no mundo inteiro. Nessa situação, Santo Afonso nos desafia em nome de Jesus a consolar os que choram e a curar os corações oprimidos. Recorda-nos que fomos ungidos pelo Senhor com o dom do Espírito, precisamente para este propósito.

Como Jesus na leitura do evangelho, Afonso viu as multidões, não como massa sem rosto, mas como ovelhas sem pastor. Como Jesus, Afonso não só viu, mas também sentiu-se movido à compaixão. Como Jesus, Afonso encontrou formas novas e criativas para proclamar Boas Notícias em circunstâncias muito difíceis.

Para o Governo Geral em Roma, tem sido uma fonte de inspiração escutar as diferentes maneiras como muitos de vocês seguem os passos de Santo Afonso hoje: vendo realmente as feridas de nosso povo e de nosso mundo, entrando numa solidariedade profética que nasce da compaixão, e projetando-se de forma criativa na missão com uma mensagem de esperança e alegria.

Que Santo Afonso continue nos acompanhando em nossa missão. Que Maria, nossa Mãe do Perpétuo Socorro, nos ensine a ser portadores de consolo e alegria para todos. Que Deus abençoe vocês, aqueles a quem vocês servem e os que os acompanham em seu ministério!

Seu irmão no Cristo Redentor,
Pe. Michael Brehl, C.Ss.R.
Superior Geral

Fonte: Província do Rio

VEJA TAMBÉM