Cel. Fabriciano, 23 de abril de 2024

OUÇA AGORA A RÁDIO EDUCADORA

RÁDIO EDUCADORA

06 maio
Imagem: Internet

“Antes morrer que pecar”: As lições de São Domingos Sávio

Compartilhar

Eu tenho quase certeza que você já ouviu ou leu esta frase em algum lugar. Mas certeza absoluta eu tenho mesmo é que você deve ter achado a frase meio “pesada”. Acertei? Agora imagine depois que eu te contar a história deste jovenzinho italiano tão corajoso!

São Domingos Sávio nasceu em 1842, num pequeno vilarejo da Itália. Filho de um ferreiro e uma costureira, tinha dois irmãos.

Em sua caminhada de fé, teve ajuda de outro santo muito querido por todos nós, jovens: São João Bosco. Só por isso, já dá pra imaginar de quanta sabedoria este jovem pôde se nutrir durante sua breve vida. Foi o próprio São João Bosco que testemunhou a “boa índole e a piedade” de Domingos Sávio.

Mas vamos passar para a parte prática. Vou te contar 3 exemplos de boas atitudes de São Domingos Sávio que vão te ajudar a escolher sempre o caminho certo e passar longe do pecado! Anota aí!

1. Visitar a Igreja com frequência para rezar em silêncio: Mesmo que as portas estivessem fechadas, Domingos Sávio se ajoelhava e ficava ali rezando até que a Igreja fosse novamente aberta.

2. Uma vida com propósitos: Quando recebeu sua Primeira Eucaristia, aos sete anos, o pequeno santinho estabeleceu para si mesmo cinco propósitos de vida: confessar-se com frequência, santificar os dias de festa, ser amigo de Jesus e de Maria, preferir morrer a pecar. Propósitos bastante amadurecidos para uma criança tão pequena, não?

3. Imitação de Cristo: O jovem santinho avaliava muito bem suas amizades, mas como muitas crianças e adolescentes, também sofria bullying. Uma vez, foi acusado por colegas da escola de ter feito algo muito errado. O professor, que era um padre, percebeu sua inocência somente depois de dar-lhe uma senhora bronca. Por graça de Deus, um tempo depois a verdade apareceu, mas o padre lhe perguntou por que ele não argumentou nada em sua defesa, ao que o pequeno respondeu que fez como Jesus, diante de seus acusadores. Restou ao padre retratar-se publicamente, diante de todos.

Após a convivência com Dom Bosco, Domingos Sávio fundou, mais tarde, a Companhia da Imaculada Conceição, demonstrando mais uma vez sua amizade com Nossa Senhora. Morreu aos quinze anos, de tuberculose. No momento de sua partida, exclamou: “Adeus, papai e mamãe. Estou indo. Estou vendo algo lindo… Que lindo!”

São Domingos Sávio foi beatificado em 1950 e canonizado em 12 de junho de 1954 pelo Papa Pio XII. Ele é o padroeiro das mamães grávidas, das pessoas que sofrem falsas acusações, dos jovens delinquentes e dos cantores do coro da igreja.

Fonte: A12

VEJA TAMBÉM