Cel. Fabriciano, 20 de outubro de 2020

OUÇA AGORA A RÁDIO EDUCADORA

RÁDIO EDUCADORA

Nossa Senhora Imaculada Conceição

A comunidade Nossa Senhora Imaculada Conceição de Mangueiras tem sua vida marcada pelos belos pés de manga que outrora marcavam o começo do bairro. Era ali, sob a sombras das árvores, que já em 1966, se celebravam as santas missas e os encontros da comunidade.

Na memória agradecida da comunidade residem os nomes dos casais Januário Pinheiro e Anedina Leocádio; João Pereira da Silva e Esmeralda Maria Silva; Jacinto Freire de Andrade e Mercês de Andrade; Alvino Teixera e Anelina Raimunda Teixeira. Sem eles a história não teria sido a mesma! Junto a esses casais, a comunidade recorda saudosa do Padre Rezende, de Padre Bastos e Padre Élio. Eles foram responsáveis pelo início da CEBS (Comunidades Eclesiais de Base). Logo após chegaram o Padre Lara, as irmãs Vilma e Solange e Padre Macedo.
Uma primeira capela foi construída pela comunidade. Tinha-se como padroeiro São Sebastião e era bem pequena. Foi quando decidiu-se ampliar a capela, e seguindo sugestão do Padre Macedo, a comunidade adotou como nova padroeira a Imaculada Conceição. Contente em ter sua ideia aceita, o padre juntou seus cobres e presenteou a comunidade com a imagem da Imaculada que hoje é venerada pela comunidade.
Quando se pergunta aos participantes da comunidade o que mais lhes traz orgulho, eles são rápidos em responder que a comunidade é viva e ativa. O maior sonho da comunidade é estar cada vez mais presentes na vida das pessoas, dentro e fora da igreja, nas reuniões pastorais e movimentos, e na vida das famílias do bairro.