Cel. Fabriciano, 20 de outubro de 2020

OUÇA AGORA A RÁDIO EDUCADORA

RÁDIO EDUCADORA

Santa Rita de Cássia

Era um dia 02 de novembro de 1980 quando foi rezada a primeira missa salão dedicado a santa Rita. Padre Cadete, redentorista animado e zeloso, incentivou a construção desse salão. O terreno foi doado por Felício Antônio de Barros, com a condição de dedicar aquele lugar a santa Rita, de quem era devoto. Daí em diante, formaram-se equipes de trabalho, fazendo barraquinhas e leilões para iniciar a construção, e com muito esforço vários pessoas da comunidade abraçaram a causa: serventes e pedreiros doavam seus trabalhos. A primeira ideia nem era ter uma capela, mas diante da euforia da comunidade, que se reunia animada para as celebrações naquele salão, logo decidiu-se que ali deveria ser também uma comunidade eclesial. Ao longo desses quase quarenta anos, muita gente de coração apaixonado pela santa das causas impossíveis colaborou para o crescimento da comunidade.

Esse salão primeiro precisou passar por algumas reformas. E tudo aconteceu com muita luta. Sr. Zezinho, por exemplo, propôs fazer a campanha do dízimo. Antônio José Venil gostou da ideia e pegou a responsabilidade para si. Saía com seu caderno nas mãos, andando em todo o bairro, anotando os nomes, e daí pra frente ele continuou sendo o agente dizimista da comunidade. Outra pessoa importante foi a jovem Regina Lúcia Soares. Com apenas 14 anos acompanhava os vicentinos. Depois resolveu animar a juventude a formar um grupo de jovens, e dentro deste grupo de jovens surgiram ministros da palavra, ministério de música, muitos casamentos entre os membros do grupo.

Dos primeiros tempos a comunidade recorda-se saudosamente de seu Antonio José Venil, José Vicente Justino (Sr. Zezinho), José Maria e Anatecia, Luiz Candido, Didi e Adelaide, Anisia e Maurim, José Caetano. Um papel importante exerceu padre Zambom, que quando foi pároco, organizou o melhor o dizimo da Igreja, ensinou a comunidade a caminhar, preparou celebrantes, incentivou mais a comunidade a lutar pelo que quer, ser acolhedora, animada, dinâmica e a não desistir nunca perante qualquer tipo de dificuldade. Outro padre muito querido da comunidade é Pe. Nelson Antônio, cujas marcas até hoje permanecem no coração da comunidade.

Uma de suas maiores conquistas foi a construção da Igreja Santa Rita de Cássia. Nela, a comunidade canta, reza, celebra a vida e agradece a Deus as graças recebidas. O momento mais marcante para a comunidade é a novena da padroeira, que atrai devotos de muitas outras comunidades e é uma das festas mais animadas da paróquia.